Defesa Civil abre vagas para curso de Agente de Defesa Civil Voluntário em Criciúma

Inscrições para 40 vagas estarão abertas de 19 de agosto a 16 de setembro

Data de publicação: 09/08/2019 - 07:15:00 Última Atualização: 12/08/2019 - 04:36:25 Fotos: Divulgação/Internet Texto: Jhulian Pereira

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) de Criciúma abre, no dia 19 de agosto, as inscrições para o processo de seleção do Curso Básico de Agente de Defesa Civil Voluntário. Serão 40 vagas destinadas aos candidatos residentes nos municípios que fazem parte da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec). As inscrições seguem até o dia 16 de setembro e devem ser realizadas pelo site do órgão, através do link www.criciuma.sc.gov.br/defesacivil/. A iniciativa tem o apoio da Amrec e da Secretaria de Estado da Defesa Civil. 

O objetivo do curso é selecionar membros da comunidade para atuar na função de agentes voluntários e capacitá-los com a finalidade de agir na Gestão de Riscos e Desastres, principalmente as emergências, evitando ou minimizando consequências desastrosas. Os selecionados deverão realizar a matrícula de 17 a 20 de setembro, na sede da Defesa Civil de Criciúma, localizada na rua Álvaro Catão, nº 913, no bairro Operário Nova.

Com 45 horas aula, a capacitação contará com disciplinas de noções básicas de Defesa Civil, percepção de risco, prevenção e combate a incêndios, mobilização social e liderança comunitária, primeiros socorros, entre outras atividades. O curso será realizado de 23 de setembro a 26 de outubro, todas as terças-feiras e quintas-feiras, das 19h às 22h, e aos sábados, às 8h, no auditório da Amrec, localizado na Avenida Santos Dumont, no bairro Milanese.

Requisitos

Os interessados devem ter no mínimo 18 anos até o início do curso, estar em dia com as obrigações legais e ser alfabetizado. “O maior objetivo das ações da Defesa Civil é a proteção da vida e a redução do risco de desastres. As políticas públicas nessa área incluem, além de ações estruturais, a preparação das comunidades em áreas de risco e a capacitação dos agentes de Defesa Civil”, comenta o coordenador da Defesa Civil de Criciúma, Dioni Borba.