Logo-Defesa-Civil-Home
emergência

199

emergência

199



NOTÍCIA


/ Fotos: Compdec/Divulgação Texto: Fagner Santos

Defesa Civil de Criciúma auxilia na segurança da Via Rápida

Iniciativa visa inibir uso indevido da rodovia antes da inauguração no dia 20 de dezembro

Em resposta aos acidentes fatais ocorridos no último domingo (10) e segunda-feira (11) em trechos não inaugurados da Via Rápida, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) de Criciúma iniciou um trabalho de monitoramento ao longo da obra para auxiliar na segurança da rodovia. O tráfego de veículos está proibido em toda a extensão da via. Os mais de 11 quilômetros que ligarão o Centro de Criciúma à BR-101 seguem em obras e serão inaugurados no dia 20 de dezembro.

Segundo o coordenador da Compdec, Valdonir Goulart Candido, a imprudência foi a causa dos acidentes. “Mesmo com a proibição, diversos carros já utilizam a Via Rápida. Como as obras ainda estão sendo realizadas e a sinalização está sendo feita, a segurança dos condutores fica comprometida. Por isso já iniciamos o monitoramento em todo trecho da rodovia e estamos alertando do perigo em trafegar no local antes da inauguração“, afirma Candido.

A Defesa Civil de Criciúma está trabalhando em conjunto com agentes da Defesa Civil de Içara e a Polícia Militar (PM) na fiscalização da segurança no trecho.

Saiba mais sobre os acidentes

No último domingo, um adolescente de 17 anos morreu ao colidir frontalmente com um carro que trafegava na contramão, mesmo que a rodovia seja de mão única. Outras quatro pessoas ficaram feridas.

Menos de 24 horas após o acidente, outro motorista, de 36 anos, morreu ao ter a moto que conduzia atingida por um caminhão.